segunda-feira, 13 de abril de 2015

MILÁGRIMAS

" a cada mil lágrimas, 
sai um milagre"...


Crédito da foto: http://www.escritoriodearterio.com.br 
Aqui segue um texto que amo...lido por mim na reunião de hoje. Milagrimas é a letra de uma música do compositor Itamar Assumpção, junto com Alice Ruiz. Além dessa maravilha que é a letra desta música, Itamar também é autor de outras músicas que gosto como "Aprendiz de Feiticeiro" (...) Aprendi que tudo passa, tomando chá ou cachaça / Tomando champanhe ou não (...) gravada também por Cássia Eller.
Coincidência (ou não!) Milágrimas  foi  gravada pela  Zélia Duncan também. Acho a melodia um pouco triste, mas a letra muito significativa! Além dessa música Zélia já gravou outras composições de Itamar. 
Quem quiser conhecer melhor a vida e a obra deste compositor, falecido em 2003, pode acessar o link de um dos mais conceituados dicionarios de música brasileira no seguinte endereço  http://www.dicionariompb.com.br/itamar-assumpcao/obra
E aqui, segue a letra...
"Milágrimas
(Alice Ruiz e Itamar Assumpção)

Em caso de dor ponha gelo
mude o corte de cabelo
mude como modelo
vá ao cinema dê um sorriso
ainda que amarelo, esqueça seu cotovelo
se amargo foi já ter sido
troque já esse vestido
troque o padrão do tecido
saia do sério deixe os critérios
siga todos os sentidos
faça fazer sentido
a cada mil lágrimas sai um milagre
caso de tristeza vire a mesa
coma só a sobremesa 
coma somente a cereja
jogue para cima faça cena
cante as rimas de um poema
sofra penas viva apenas
sendo só fissura ou loucura
quem sabe casando cura 
ninguém sabe o que procura
faça uma novena reze um terço
caia fora do contexto 
invente seu endereço
a cada mil lágrimas sai um milagre
mas se apesar de banal
chorar for inevitável 
sinta o gosto do sal do sal do sal
sinta o gosto do sal
gota a gota, uma a uma
duas três dez cem mil lágrimas
sinta o milagre
a cada mil lágrimas sai um milagre
cante as rimas de um poema
sofra penas viva apenas
sendo só fissura ou loucura
quem sabe casando cura ninguém sabe o que procura
faça uma novena reze um terço
caia fora do contexto invente seu endereço
a cada mil lágrimas sai um milagre"







quinta-feira, 12 de março de 2015

A ARTE DA IMPERFEIÇÃO



Olá,
Hoje trago uma letra de música que amo, da cantora e compositora Zélia Duncan, "Carne e Osso". 
E tem um trecho que diz " e é tão bom não ser divina"...Quer frase melhor do que  esta?!  
Digo isto com propriedade porque houve um tempo na minha vida em que fazer as coisas com perfeição era sagrado! Hoje, de posse dos meus 50 anos (sim de posse! porque são meus com muito orgulho!) posso me dar ao luxo de dizer que  ao longo do caminho abandonei a mania de perfeição pelo hábito de buscar prazer em tudo o que faço, pela apreciação das assimetrias (às vezes evidentes, às vezes sutis),  pela aprendizagens nas situações que ocorrem ao acaso, daquelas que a gente fica pensando... será que foi mesmo o acaso? será que este tal de acaso existe? Enfim, substituí o "fazer com perfeição"  por "fazer com cuidado, com capricho", ou como dizia a minha avó, "com gosto"! 
Numa das últimas reuniões de equipe no trabalho, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, o professor Mauro  tocou violão e junto com a professora Genilda ao pandeiro, despertaram melodiosa e carinhosamente a  segunda-feira de todos com músicas de compositoras femininas, "atualmente temos poucas compositoras no Brasil, poucas e boas!", falou o nosso querido professor de música, Mauro. Eu acho que Zélia é uma delas!   
Segue a letra da música e um o endereço para ouvir no You tube. A música faz parte do CD "Pelo sabor do gesto".

"CARNE E OSSO
(Zélia Duncan e Paulinho Moska)
Alegria do pecado às vezes toma conta de mim
E é tão bom não ser divina
Me cobrir de humanidade me fascina
E me aproxima do céu
E eu gosto de estar na terra cada vez mais
Minha boca se abre e espera
O direito ainda que profano
Do mundo ser sempre mais humano
Perfeição demais me agita os instintos
Quem se diz muito perfeito
Na certa encontrou um jeito insosso
Pra não ser de carne e osso, pra não ser"
Endereço do vídeo com a música
https://www.youtube.com/watch?v=ffeTslY4j4M


quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

O Novo

Depois de mais de  um ano sem postagens, retomo o blog...  numa nova fase da vida, com novos rumos na carreira profissional e com novos olhares para a vida, para os sentimentos, para o cotidiano. Agora mais leve e mais light...


Segue uma mensagem usada hoje, dia 15/01/2015 numa reunião com novos gestores de educação infantil. 

Bjs e boa leitura!






O novo  (às vezes) incomoda
Por quê?
Porque desafia.
Mas, queiram ou não, o novo sempre vem.
E para nossa felicidade, o novo sempre vence!
E, quando o novo vence, a máquina do mundo gira melhor.
Novos projetos  surgem no horizonte.
Novas crianças surgem  para nos dar as mãos.
Novos passos exigem coragem!
O novo é belo porque  muda as pessoas.
O novo torna as pessoas melhores, porque as torna novas pessoas .
Assim como os sonhos, o novo não envelhece!


(Adaptado de texto da Revista Isto é)